05/10/12

Painel

Estamos em momentos de expectativas aguardando os resultados da final estadual.
Enquanto isso segumos nossa jornada. Hoje exposmos os poemas na escola para aqueles que não tiveram a oportunidade de lerem, são verdeiras preciosidades.
 Júlia decorando seu poema para exposição.
Segunda-feira nossa poeta gravará uma entrevista para Record New, não sabemos muito ainda, só detalhes como: Irá ao ar no dia 12 (dia das crianças) e que será na casa da poeta.


Júlia é uma menina doce, ao falar suas palavras são delicadas e carinhosa.Com certeza fará uma ótima entrevista. Aguardamos querida agora é só "SUCESSO"!

19/09/12

Parabéns Júlia

1º lugar

Etapa Municipal

JÚLIA CABRAL CAMARGO, foi a  selecionada para participar da etapa estadual da 3ª Olimpíada da Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, com o poema:  "Meu Lugar".

Parabéns a todos os envolvidos. Direção, professores e alunos. Agora é torcer e aguardar os resultados das próximas etapas: estadual, regional e nacional. 
A  premiação da etapa nacional será em dezembro em Brasília.
 

29/08/12

Júlia Cabral Camargo



1º Lugar

Meu lugar

Da minha rua
da minha casa
do segundo andar
se vê o mar

do segundo andar
dá para se olhar
não só o mar
mas a natureza
que  completa este lugar

se estou no mar
consigo enxergar
o segundo andar
do meu lugar

Guilherme Alessandro do Nascimento



2º Lugar


Eu vivo na Ilha da Magia

Eu vivo na Ilha da Magia
Cheia de esperança e alegria

Eu vivo em uma ilha que é uma doçura
cheia de esperança e arquitetura

eu vivo em um mar muito lindo
onde todos são bem vindos

eu vivo em uma cidade de turistas
e também tainhas e surfistas

eu vivo em uma ilha de grandeza
onde conserva a natureza

Lucas Eduardo Kuhnen da Silva



 3º Lugar

Eu vivo na linda Ponta das Canas

Eu vivo na linda Ponta das Canas
Cheia de praias
cheia de pescadores

no verão
eu vou a praia
e da praia tenho uma grande visão


vejo o mar
as gaivotas
os barcos
o por do sol
barcos grandes e lindos

lá se escuta um música
a música da natureza
e com o coração
faço este poema com inspiração

Taiane Santana



A Lagoinha

Mar azul
praia bonita
sol radiante
gente querida


Tão pequenina
é a Lagoinha
enche de gente
quando dá as tainhas


Não sei quem inventou
dar nome a prainha
se nem lagoa é
quanto mais Lagoinha